Livros

O milagre da manhã

Depois de ver tantos vídeos e resenhas do livro O milagre da manhã de Hal Elrod não resisti e inicie a leitura. Confesso que minhas expectativas cresceram depois de ver alguns vídeos no YouTube e nem esperei chegar no segundo capítulo para começar a colocar a rotina da manhã em prática.

Logo no inicio de dezembro já comecei a acordar mais cedo e fazer pelo menos alguns minutos das 6 atividades.

Sem dúvida ele é um daqueles livros que tem o poder de mudar a nossa vida. O milagre da manhã mostra como montar uma rotina inspiradora pela manhã e cheia de poder, ao mesmo tempo que nos deixa bem livres para fazer de acordo com a nossa necessidade.

O segredo é acordar 1h antes do seu horário e dividir esse tempo em 6 práticas salvadoras. Ele também dá algumas dicas de como levantar mesmo nos dias que a cama fica chamando a gente. Essa é para os viciados em soneca. Vamos às práticas:

Silêncio

Para diminuir o estresse, se manter calmo, ter mais clareza. O primeiro é o silêncio, ficamos alguns minutos meditando, fazendo o ho’oponopono, orando ou só prestando atenção na nossa respiração. Mais um livro que bate na tecla da importância da meditação.

Afirmações

O segundo é fazermos afirmações positivas. Ela tem o poder de mudar as nossas crenças. Já falei em outro post aqui sobre as crenças limitantes. Elas são importantes para nos tornarmos a pessoa que precisamos ser para conquistar o que desejamos. O livro cita: “Quer você pense que pode, quer pense que não pode, você está certo dos dois jeitos.” Henry Ford

Visualização

O terceiro são as visualizações, nós imaginamos, sentimos nos realizando nossos sonhos, fazendo da melhor forma nossas atividades do dia, etc. Se trata de usar a imaginação para gerar resultados no nosso mundo externo.

Exercícios

Realizar exercícios, mesmo por poucos minutos pela manhã, te dará mais energia e disposição para prosseguir o dia além de muitos outros benefícios. O exercício físico fica de acordo com a nossa escolha, mas você pode iniciar com apenas 60 segundos!

Leitura

O quinto é ler, o autor diz para colocarmos uma meta como ler 5 páginas por dia (para quem não tem o hábito de ler, eu 5 páginas não dá nem para o começo kkkkk). Esse item em especial começou com uma citação muito chocante. “Uma pessoa que não quer ler não tem nenhuma vantagem sobre um que não sabe ler.” Mark Twain. Não que quem sabe ler seja melhor que quem não sabe, absolutamente não é isso, mas fato é que saber ler abre o mundo. Olha quantos livros podemos ler e isso de certa forma nos dá poder. Está nas nossas mãos o poder de mudar e aprender com pessoas do mundo inteiro que transmitem informações maravilhosas através da escrita.

Escrever

O sexto e último é também uma forma de terapia. Como um diário para anotarmos pensamentos, ideias, gratidão ou o que você desejar. O objetivo é você ter insights parar melhorar sua vida, guardar pensamentos importantes, crescer pessoalmente.

Toda essa rotina tem como objetivo tirar esse tempo para cuidar da gente, praticar o desenvolvimento pessoal e criar a vida que sonhamos. Ele ainda mostra uma rotina reduzida para quando estamos muito atarefados de 6 minutos.

O livro mostra como nos livrar das crenças que criamos e já iniciar o dia cheios de energia para vivermos uma vida feliz e realizada.

Desde que comecei já me senti com muito mais energia e inspirada a melhorar e cuidar mais de mim mesma. Como falei antes, inciei no começo de dezembro o livro. Dezembro e janeiro são meses cheios de trabalho então fui lendo ele aos poucos e colocando em prática.

No final ele propõe um desafio de 30 dias do milagre da manhã. É empolgante e aterrorizante ao mesmo tempo, mas estou cumprindo com o meu. O Hal é coach e dentro do livro e no desafio ele coloca alguns exercícios para praticarmos que são fantásticos para o nosso desenvolvimento pessoal.

Falei bastante, mas saibam que ler o livro vai trazer muito mais inspiração e aprendizado. Nada melhor do que inciar o ano com uma ferramenta incrível de transformação nas mãos não é? Estou espalhando para todos que conheço sobre esse livro e deixo aqui meus mais sinceros desejos de que 2019 seja um ano para grandes realizações e felicidades para todos. A mudança está dentro de nós!

Anúncios
Inspiração

Palavras que inspiram

Dona de mim, é uma música da incrível Iza. Ela está em álbum de estreia com o mesmo nome.

Já me perdi tentando me encontrar
Já fui embora querendo nem voltar
Penso duas vezes antes de falar
Porque a vida é louca, mano, a vida é louca

Sempre fiquei quieta, agora vou falar
Se você tem boca, aprende a usar
Sei do meu valor, e a cotação é dólar
Porque a vida é louca, mano, a vida é louca

Me perdi pelo caminho
Mas não paro, não
Já chorei mares e rios
Mas não afogo, não

Sempre dou o meu jeitinho
É bruto, mas é com carinho
Porque Deus me fez assim
Dona de mim

Deixo a minha fé guiar
Sei que um dia chego lá
Porque Deus me fez assim
Dona de mim

Já não me importa a sua opinião
O seu conceito não altera minha visão
Foi tanto sim, que agora digo não
Porque a vida é louca, mano, a vida é louca

Quero saber só do que me faz bem
Papo furado não me entretém
Não me limite que eu quero ir além
Porque a vida é louca, mano, a vida é louca

Me perdi pelo caminho
Mas não paro, não
Já chorei mares e rios
Mas não afogo, não

Sempre dou o meu jeitinho
É bruto, mas é com carinho
Porque Deus me fez assim
Dona de mim

Deixo a minha fé guiar
Sei que um dia chego lá
Porque Deus me fez assim
Dona de mim

Dona de mim é cheia de personalidade e desde a primeira vez que escutei ela as palavras me tocaram muito. Essa vai direto para a playlist inspiradora ♫

Inspiração · Reflexão

Inspiração: autoestima


“Seu corpo não é uma coisa para ser olhado e julgado por causa de algum padrão de perfeição que não existe. É o instrumento que leva você através da vida, tem que experimentar toda as coisa bonitas que a vida tem para oferecer. Comida. Por-Do-Sol. Música. Abraços. Riso. Um corpo saudável é uma dádiva. Não dê isso como certo, não trate-o como uma coisa barata para ser usada por uma noite. Trate-o como se fosse o amor da sua vida. Trate-o com respeito e ternura, mas acima de tudo, gratidão, apreço. E uma saudável dose de temor, também. Seu corpo é feito de restos de estrelas e explosões nas galáxias. Todos os anos, a maior parte do seu corpo é recém criada por regeneração de suas células, mas tem coisas em você que são tão antigas quanto o universo. Somos literalmente poeira estelar. Cada um de nós é um pequeno milagre. Você é um milagre”

J. T. Geissinger

Essas palavras estavam em um livro que eu li e me marcaram. Marcou por saber que eu como muitas mulheres não me sentia bonita como eu sou. Marcou porque nós vemos todo dia mulheres se martirizando e morrendo por não se enquadrar em padrões para chegar neles. Marcou por ver também mulheres “padrão de beleza” também não se sentindo bonitas.

Todos somos responsáveis por continuar reproduzindo o que a sociedade prega como bonito.

Muitas pessoa vendo o sofrimento de alguém não se mostra solidário à isso. Acha que é frescura. E usam o argumento “Você é saudável “, “Esquece isso”…

A baixa autoestima deve ser um motivo de preocupação. Em um outro post eu falei um pouco do meu processo de me aceitar, veja aqui.

Ler por acaso o livro desta autora, que nem era de autoajuda, reviveu minha vontade de falar mais sobre a autoestima. Como é essencial olharmos para o espelho e gostarmos do que vemos para alcançar a felicidade

Já ouvi depoimento de mulheres que não conseguem ir à padaria sem maquiagem. Isso é absurdo. Eu gosto de me maquiar, não é uma crítica, mas quando ela se torna fundamental para fazer qualquer coisa é o momento para parar e pensar.

Resolvi escolher 4 pontos importantes que ajudam elevar a nossa autoestima;

  1. Mude seu padrão de beleza – comece a enxergar a beleza em pessoas diferentes;
  2. Pratique gratidão – seja grato (a) por tudo;
  3. Busque o autoconhecimento – ter a consciência de quem somos e do que melhorar muda tudo; 
  4. Não se compare – cada indivíduo é único. 

Ter uma autoestima elevada é um dos pilares para levar uma vida leve!