Inspiração · Reflexão

Inspiração: autoestima


“Seu corpo não é uma coisa para ser olhado e julgado por causa de algum padrão de perfeição que não existe. É o instrumento que leva você através da vida, tem que experimentar toda as coisa bonitas que a vida tem para oferecer. Comida. Por-Do-Sol. Música. Abraços. Riso. Um corpo saudável é uma dádiva. Não dê isso como certo, não trate-o como uma coisa barata para ser usada por uma noite. Trate-o como se fosse o amor da sua vida. Trate-o com respeito e ternura, mas acima de tudo, gratidão, apreço. E uma saudável dose de temor, também. Seu corpo é feito de restos de estrelas e explosões nas galáxias. Todos os anos, a maior parte do seu corpo é recém criada por regeneração de suas células, mas tem coisas em você que são tão antigas quanto o universo. Somos literalmente poeira estelar. Cada um de nós é um pequeno milagre. Você é um milagre”

J. T. Geissinger

Essas palavras estavam em um livro que eu li e me marcaram. Marcou por saber que eu como muitas mulheres não me sentia bonita como eu sou. Marcou porque nós vemos todo dia mulheres se martirizando e morrendo por não se enquadrar em padrões para chegar neles. Marcou por ver também mulheres “padrão de beleza” também não se sentindo bonitas.

Todos somos responsáveis por continuar reproduzindo o que a sociedade prega como bonito.

Muitas pessoa vendo o sofrimento de alguém não se mostra solidário à isso. Acha que é frescura. E usam o argumento “Você é saudável “, “Esquece isso”…

A baixa autoestima deve ser um motivo de preocupação. Em um outro post eu falei um pouco do meu processo de me aceitar, veja aqui.

Ler por acaso o livro desta autora, que nem era de autoajuda, reviveu minha vontade de falar mais sobre a autoestima. Como é essencial olharmos para o espelho e gostarmos do que vemos para alcançar a felicidade

Já ouvi depoimento de mulheres que não conseguem ir à padaria sem maquiagem. Isso é absurdo. Eu gosto de me maquiar, não é uma crítica, mas quando ela se torna fundamental para fazer qualquer coisa é o momento para parar e pensar.

Resolvi escolher 4 pontos importantes que ajudam elevar a nossa autoestima;

  1. Mude seu padrão de beleza – comece a enxergar a beleza em pessoas diferentes;
  2. Pratique gratidão – seja grato (a) por tudo;
  3. Busque o autoconhecimento – ter a consciência de quem somos e do que melhorar muda tudo; 
  4. Não se compare – cada indivíduo é único. 

Ter uma autoestima elevada é um dos pilares para levar uma vida leve!

Anúncios
Reflexão

Um mês para se lembrar

Hoje, dia vinte e oito de outubro de dois mil e dezoito chegou ao máximo um período de muita tristeza e reflexão. O desespero fala mais alto as vezes que a fé. A sensação de perda está muito forte. O que esperar para ano que vem ou de nossas vidas daqui para frente? Nesse perdido de ideias e pensamentos acabei chegando até aqui no blog e me inspirou a realizar uma mudança completa em mim e no blog. Percebi que a única forma de me salvar é pelo amor. Deus, vida, família, amigos. Foco em pensamentos positivos e na nossa saúde.

Sempre fui uma pessoa que se afastou do amor por diversos motivos. Ao conhecer a técnica havaiana Ho’oponopono  eu percebi que tenho que buscar amar mais na minha vida. Viver o presente e esperar sempre o melhor vir.

Hoje mesmo com o receio do que pode estar por vir, o que me resta é me apegar ao amor de Deus.

Mudei o nome e aparência do blog porque espero ter aqui um cantinho para trazer coisas boas, amor e felicidade com mais conteúdo do que só minimalismo.