Minimalismo · Organização

Marie Kondo na Netflix

Estava ansiosa para compartilhar aqui sobre a série Ordem na casa da Marie Kondo na Netflix. Logo que lançou eu corri para assistir e não me decepcionei.

Para quem não conhece, Marie Kondo é uma especialista em organização, escritora e criadora do método KonMari. O primeiro livro dela A mágica da arrumação foi um grande sucesso de vendas e ela já apareceu em dezenas de programas no Japão e USA.

A séria mostra famílias dominadas pela desordem em casa e que segundo Marie precisam apenas manter o que lhes trás alegria. Ao longo dos episódios ela mostra como devemos mostrar gratidão pelos objetos que já nos serviram e desapegar.

É uma inspiração para quem precisa criar coragem de se desfazer de objetos que já não utilizam ou tem grande apego emocional.

Na série podemos ter uma ideia melhor dos ensinamentos passados pelos livros. A forma correta de dobrar as roupas, a melhor forma de guardar utensílios de cozinha, decorações e tudo mais. São passos simples e que facilitam muito nosso dia a dia.

Marie é muito delicada e se mostra muito respeitosa pelo estilo de vida de cada família que participa, sem julgar os motivos de cada um em viver as vezes no meio do caos.

Quem imagina que os livros e o reality são apenas sobre limpeza de casa se engana. Marie mostra muito mais do que apenas organização. É um estilo de vida valorizar tudo que nós temos, usá-los bem, sermos gratos e descartá-los quando necessário. A bagunça é muitas vezes um peso e não nos deixa aproveitar a vida da melhor forma.

Assistam, não vão se arrepender! Espero que voltem com mais temporadas!

Anúncios
Consumo · Minimalismo

Minimalismo e o slow fashion

Fast Fashion

O slow fashion é uma tendência que vem crescendo dentro e fora da internet. Basicamente é uma moda sustentável e principalmente com respeito aos profissionais. O trabalho escravo não é um problema que só existe no outro lado do mundo. Ele está mais perto do que imaginamos. Em ritmo acelerado o consumo rápido e descartável faz as suas vitimas diariamente. 

 Atualmente a maioria da empresas de moda utilizam a estratégia de produção de larga escala em um período mínimo de tempo e com baixa qualidade dos produtos oferecidos. O foco é no lucro. Para saber mais sobre os impactos do fast fashion veja aqui

O slow fashion tenta resgatar os valores antigos. Presa pela diversidade e valoriza cada indivíduo e cultura como únicos. Produtores locais, peças feitas à mão e qualidade são alguns pontos do slow.

O minimalismo como estilo de vida também olha pelo lado da durabilidade das peças e menos impacto ambiental. A ideia do armário capsula e de ter poucas peças sendo usadas é o máximo do minimalismo.  Qualidade > quantidade!

Peças atemporais são a chave, não necessariamente neutras. Você pode ter um armário minimalista cheio de cores e estampas. A regra é que cada um faça a sua regra de acordo com a sua vida. O minimalismo é o consumo consciente. Rever nossas prioridades e valorizar as pequenas coisas.

Nunca fui uma pessoa que está ligada à moda e atrás de tendências, mas de um tempo para cá tenho procurado mais por estar chegando à uma idade que não quero andar como uma adolescente e também não quero aparentar mais idade do que eu tenho. 

“Quando compramos algo, não pagamos com dinheiro. Pagamos com o tempo de vida que tivemos que gastar para ter aquele dinheiro. Mas tem Quando compramos algo, não pagamos com dinheiro. Pagamos com o tempo de vida que tivemos que gastar para ter aquele dinheiro. Mas tem uma detalhe: tudo se compra, menos a vida. A vida se gasta.uma detalhe: tudo se compra, menos a vida. A vida se gasta.”

Mujica

Acredito que precisamos mudar o mundo, a moda e nós mesmos para chegarmos ao planeta que queremos para os nossos filhos e netos.  

Minimalismo

4ª semana do desafio minimalista

Young beautiful woman standing in the flower field enjoyment.

Chegamos na última semana do desafio e com ela a certeza de para o Natal é um pulo. Para esse final de ano ainda tenho algumas metas e quase todas tem alguma relação com o minimalismo. É gratificante saber como tenho absorvido o conceito para a minha vida. Demorei para postar essa última semana porque em dezembro meu número de trabalhos aumentam muito.

  • Criar uma rotina relaxante para a hora de dormir

Eu quero e preciso de uma, mas aqui minha maior dificuldade é por não ter controle na hora de parar de ler. O período da noite, quando as coisas se acalmam aqui em casa eu leio, o problema é que normalmente leio no computador ou celular e isso não ajuda em nada para ter uma rotina e sono melhores.

  • Saia sem maquiagem

Esse normalmente é o meu normal. Geralmente minha rotina de maquiagem é um lápis e batom. Infelizmente a maquiagem tem entrado na vida das mulheres cedo. É triste ler relatos de mulheres que não conseguem ir à padaria sem se produzirem. Tentem minimizar a rotina de beleza, o verdadeiro empoderamento é saber que maquiagem não é item obrigatório na vida de ninguém. Uma dica de livro é O Mito da Beleza de Naomi Wolf. O livro é muito esclarecedor e por mais que sua primeira publicação foi em 1990, ele continua sendo muito atual para as mulheres.

  • Pratique gratidão

Já escrevi um post aqui no blog sobre gratidão. Vou deixar aqui o parágrafo que foi escrito no blog Anuschka Rees descrevendo esse dia. Vale a reflexão e escrever uma lista de tudo que você é grato.

Tornar-se um minimalista é, acima de tudo, ser consciente e apreciar as coisas pequenas (e grandes) que já fazem parte de sua vida.

  • Não planeje nada para este dia

Para quem é extremamente organizado e dependente de planejamento pode ser um grande desafio não planejar nada por um dia. Fazer esse exercício pode te surpreender.

  • Identifique o que te causa estresse

Tente descobrir seus principais gatilhos para o estresse e uma forma de neutralizar eles.

  • Limpe sua gaveta da “bagunça”

Acumular pode estar ligado diretamente a sentimentos não resolvidos. Já limpar e organizar  podem te gerar um sentimento de prazer e felicidade. Mãos à obra.

  • Abandone uma meta

Criar metas e os caminhos para cumpri-las é a chave muitas vezes para fazer sua vida andar. Aqui o que vale é a reflexão sobre quais metas são verdadeiramente importantes para você e te fariam feliz.

  • Desligue as notificações

Sabemos como uma notificação pode nos fazer perder o foco. Desligue elas por pelo menos um dia e se concentre mais.

  • Avalie sua últimas 5 compras

O minimalismo está diretamente ligado ao consumo consciente e uma vida mais simples. Parar para rever nossas últimas compras pode mostrar muito de nós mesmos. Avalie a utilidade delas, quanto tempo de trabalho precisou para você poder adquiri-las e como pode melhorar seus hábitos de consumo.

Minimalismo

3ª semana do desafio minimalista

Beautiful Woman feeling free in a beautiful natural setting.

Essas ultimas semanas foram de verdadeira correria, mesmo tirando um tempo para fazer o desafio ficou difícil vir aqui para atualizar, então vamos lá para a terceira semana.

  • Examine seus hábitos diários

Um item de muita importância. Acredito que sempre podemos mudar e melhorar. Meus hábitos diários ainda me incomodam um pouco. Gostaria de criar uma rotina para dormir que me deixasse mais relaxada e concentrada na manhã seguente. Ainda não consegui.

  • Não compre nada por 24h

Ver como nos sentimos sem comprar nada por 24h é um aprendizado e tanto. Consegui passar por esse dia sem problema nenhum, mesmo ficando aquela vontade de comprar um doce, eu resisti.

  • Realize uma tarefa de cada vez

Já tem tempo que procuro me dedicar em uma tarefa por vez. É desgastante e nos faz gastar muito mais energia ficar alternando o que fazer. No final é provável que nenhuma saia perfeita.

  • “Unfollow” e “unfriend”

Muito necessário atualmente. Eu tento pelo menos uma vez a cada 6 meses revisar minha lista de amigos e páginas que eu sigo nas redes sociais. Considero páginas que não me interessam mais os assuntos e amigos que não tem muito a acrescentar.

  • Saia para uma caminhada e exercite sua consciência

Sair para caminhar prestando atenção ao que está a sua volta é ótimo para treinar sua atenção plena e de quebra você estará se exercitando. As vezes faço isso indo e voltando do trabalho.

  • Não assista TV por um dia (leia ao invés disso)

Os dispositivos eletrônicos emitem uma luz que acaba atrapalhando nosso sono. Deixar de ver televisão ou ficar no celular e ler antes de ir dormir pode fazer maravilhas por você.

  • Escreva por 20 minutos

Escrever pode fazer você ver as coisas com mais clareza. Não é a toa que muitas pessoas não deixam de lado suas agendas/planners/bujo. Escrever sobre qualquer coisa que venha a mente ou sobre um assunto específico é uma delícia.

Minimalismo

Estilo minimalista: o que você precisa saber

dress-2583113_1280

O estilo minimalista veio para ficar. A alguns anos ele vem estando em alta entre as fashionistas e está entre o topo dos estilos mais procurados.

Dentro da moda ele está ligado ao movimento slow fashion, que é uma alternativa mais sustentável e que preza a forma como a roupa foi feita, sua origem, se envolveu trabalho escravo, o material e a durabilidade, valoriza a produção local fugindo das  grandes redes de fast fashion, prega o consumo consciente.

page 4

Quando conheci o minimalismo percebi que meu estilo sempre foi esse, mesmo sem saber.

Minhas roupas sempre puxaram para tons mais neutros e peças atemporais. Sempre fugi da maioria das modas que vem e passam.

As cores que predominam são o preto, branco, cinza e outros tons mais sóbrios.

page 1

Mas como tudo nessa vida, não existe regra absoluta. Nada impede de você ter um guarda-roupa minimalista cheio de cores e com peças marcantes.

O estilo minimalista vai muito além da roupa que usamos, ele é um estilo de vida. Uma vida mais simples e completa. Entender a dinâmica do consumismo é fundamental. 

page 3

O guarda-roupa minimalista consiste em ter menos peças e elas serem mais versáteis, além de menos acessórios.

Os sapatos também entram na regra do menos é mais, apenas o necessário e de boa qualidade de preferência.

page 2

Eu particularmente acho que cada um possui um estilo e o ideal é você encontrar o seu e dentro dele ter inspirações e ideias que mais se encaixa ao seu dia a dia.

Se você também se identifica com o estilo minimalista lembre de investir em peças de qualidade e com bom caimento. Vale a pena garimpar em brechós e bazares peças únicas  que podem compor muito bem seus looks.

Imagens retiradas do Pinterest