Saúde

Você já ouviu falar em higiene do sono?

Para algumas pessoas pode soar bem estranho, higiene do sono. Ela é responsável por adequar o ambiente e os hábitos para ter uma boa qualidade no seu sono, já que é no sono que alguns processos fisiológicos importantes acontecem.

Hoje em dia é cada vez mais comum ver pessoas com problemas para dormir. Resolvi trazer aqui algumas dicas que podem te ajudar se você também enfrenta esse problema. Porque não tem nada como dormir bem e acordar disposto para o seu dia.

Os problemas ficam menos sérios depois de uma boa noite de sono e colocamos a nossa cabeça no lugar.

É importante colocar aqui que se você mesmo tentando todas essas dicas não consegue dormir bem ou tem algum distúrbio do sono é importante consultar e fazer tratamento com o médico. E que também tem alguns fatores que acabam gerando alterações no sono como ansiedade, depressão, dores musculares, dor de cabeça, entre outros.

  • Dormir somente as horas que você precisa. Nada de ficar dormindo no meio do dia se seu sono está prejudicado de noite;
  • Ter uma rotina de horários iguais para dormir e acordar;
  • Ter na cama um lugar apenas para dormir. Evitar trabalhar ou estudar na cama;
  • Ter uma prática de exercícios que não podem ser perto do horários de dormir, o melhor horário é pela manhã;
  • Não tomar nenhum estimulante antes de dormir como café, coca-cola, alguns chás, etc;
  • Evitar computador, celular antes de dormir;
  • Fazer algum exercício de relaxamento que pode ser só prestar a atenção na respiração ou um exercício de relaxamento mesmo;
  • Manter o quarto em ordem, sem luzes fortes também ajuda;
  • Manter aparelhos eletrônicos e wifi desligados;
  • Fazer um lanche leve para não ir para cama com fome;
  • Se permanecer mais de 20 minutos na cama sem dormir, os especialistas recomendam levantar, andar pela casa e esperar um pouco para tentar dormir novamente.

Ter um sono bom é importante para todos!

Anúncios
Reflexão · Vida

Feliz dia das mães?

Cá estava eu pensando em qual seria o presente da minha mãe que ainda não escolhi (dica presente para casa e que todos usam não é presente ok, a menos que ela tenha pedido) e me veio a ideia desse post . Eu não sou mãe, minhas amigas próximas também não, mas esse post é para todos nós.

Sabe quando cai a venda dos nossos olhos? Foi o que aconteceu comigo depois de ter um contato mais profundo com o feminismo e perincipalmente mães feministas. Como já falei por não ser mãe e nem ter contato direto com mulheres mais jovens e mães eu não percebia como o mundo pode ser cruel com elas.

A verdade é que sempre vemos a maternidade de uma forma romantizada. Se uma mulher se atreve a relatar nas redes sociais como é difícil, dói e a solidão depois da maternidade ela é alvo de xingamentos e silenciada.

Nas rodas de conhecidas acontece das mães relatarem situações vividas mas se ela fala que odeia a maternidade ou se é ao contrário e uma mulher fala que não quer ter filhos elas ainda são recriminadas por outras mulheres.

O título do post é “Feliz dia das mães?” para fazer uma reflexão. Ser mãe pode ser incrivelmente maravilhoso quando se tem um suporte da família e logicamente uma participação ativa do pai , mas também pode ser solitário, cheio de cobranças e culpas sobre essa mulher.

Deixo aqui um texto compartilhado pela página Vegana é a sua mãe no Facebook.


Não estou tentando julgar essa família especificamente, mas quero tentar chamar atenção para esses pequenos momentos da maternidade que podem levar ao sentimento de solidão e ressentimento, e esse momento exemplifica isso perfeitamente.
Ontem quando estava almoçando, observei essa mãe entreter seu bebê com um balão, caminhando pelas mesas, tocando as artes da parede, etc (sabemos como é) o tempo inteiro que a sua família curtia a celebração de aniversário regada a comidas, bebidas e conversas. Ninguém foi ali para fazer com que ELA curtisse fazer parte do grupo. Essa imagem, a mãe em rosa à esquerda (com seu bebê tocando um balão) é uma visão perfeita do constante e INVISÍVEL trabalho da maternidade que muitas mães fazem que nos fazem não pertencer ao grupo. Ou ninguém notou o trabalho sutil que ela estava fazendo, ou ninguém quis abrir mão da sua diversão para deixá-la se divertir também. Eu pensei em oferecer para segurar o bebê um pouco para ela curtir com a família mas me dei conta que como não a conheço ficaria estranho.
E as pessoas se perguntam porque depressão pós-parto, raiva e ressentimento são partes constantes da maternidade. Não precisamos apenas de melhores diagnósticos e médicos para ajudar novas mães – precisamos de que nossas famílias e amigos nos notem, e ajudem a nos trazer de volta para a mesa.
Me lembro perfeitamente dessa fase e lembro escrever num diário que eu nunca queria esquecer o quão isolada me sentia em jantas e festas enquanto andava ao redor com um bebê no colo enquanto todos tomavam vinho e só faziam um carinho no bebê enquanto eu passava em vez de oferecer ajuda para que eu comesse sem um humano grudado em mim. Escrevi porque sei que o tempo me faria esquecer. Escrevi para no futuro lembrar de ajudar meus filhos sobre isso, especialmente as mães.
Por favor compartilhe isso para que pessoas em diferentes fases da vida nas famílias possam entender onde estão essas dificuldades que nós mães enfrentamos e que entendam onde podem nos ajudar. Mesmo que não possam entender porque não viveram, essa imagem ilustra perfeitamente a diferença que faz quando ninguém interfere.
Original @adultconversation
Tradução Vegana é a sua mãe (Via @womenirl)

Domingo que vem aproveitemos os momentos com nossas mães, mas também que comecemos a olhar em volta nas reuniões em família ou amigos que podemos oferecer ajuda ou pelo menos ser solidários aos desafios da maternidade. Se uma mulher falar com você da dificuldade de ser mãe não seja aquela pessoa que recrimina e sai falando mal por aí. Mostre empatia e ajude a conscientizar seus amigos, irmãos e homens do convívio em geral a importância da participação deles na criação e cuidado dos próprios filhos. Desejo que todas as mães sejam ouvidas e valorizadas em todos os dias e não apenas no dia das mães.

Vida

Se permitir ser feliz

Depois de um mês bem ocupado fiquei pensando em como poderia escrever esse post. Por muitos anos não me permiti ser feliz, o medo sempre falava mais alto na minha cabeça e não me permitia viver novas experiências. E eu sempre digo que o mais poderoso impedimento para fazer qualquer coisa é a nossa cabeça.

Depois de alguns meses praticando o Milagre da Manhã muitas coisas mudaram na minha vida. Meu corpo mudou, as dores diminuíram e em conjunto com o Reiki os pensamentos negativos estão bem mais controlados.

Conseguir entrar em um avião sem uma crise de pânico e poder observar a beleza do mundo lá de cima não tem preço. Passear e observar os pássaros e as árvores lindas no caminho também não.

Uma situação que vivi também é como nossa atitude e energia influencia nas pessoas a nossa volta. Ir a um lugar pré julgando sem conhecer é horrível e algo que eu fazia sempre. Isso impede a gente de conhecer pessoas maravilhosas. Em uma situação cheguei insegura em uma reunião e não me permiti aproximar de quase ninguém, uma completa bobeira. No dia seguinte me desafiei a mudar minha atitude e no final já tinha conversado com a maioria das pessoas e o clima foi bem agradável.

Se manter aberta para as coisas boas é fundamental para uma vida feliz e todos nós merecemos a felicidade. O mundo é enorme e tem felicidade livre para todos nós. Não é porque seu vizinho é feliz e bem-sucedido, que você não vai ser e muito menos que tem que passar por cima dele por isso. Infelizmente muita gente tem essa visão ainda.

O mundo nos mantêm muitas vezes em conflito e competindo pelas coisas. O mundo seria infinitamente melhor se ao invés de competição houvesse mais solidariedade e ajuda.

Fazer a nossa parte e tentar mudar a nossa energia já faz uma grande diferença na nossa vida e na das outras pessoas.

Saúde

A alquimia da Linguagem do corpo

Segundo o Google alquimia é: “a química da Idade Média, que procurava descobrir a panaceia universal, ou remédio contra todos os males físicos e morais, e a pedra filosofal, que deveria transformar os metais em ouro; espagiria, espagírica.”

Hoje resolvi compartilhar com vocês esse áudio incrível da Cristina Cairo falando sobre a maior alquimia da nossa vida, o nosso corpo. Como sempre brilhante na sua forma de explicar Cristina nos mostra o caminho para a cura de doenças e também ter uma vida feliz.

Os pensamentos negativos, as reclamações, a raiva, mágoa são extremamente poderosas em acabar com a nossa saúde. Gerando toxinas que causam baixa no nosso sistema imunológico, problemas de visão e outras doenças.

A medicina de hoje depois de tantos avanços acabou perdendo o que se tinha de muito preciosa. O olhar sobre o corpo por inteiro e o poder da nossa mente em curar.

Já postei a resenha de um livro da Cristina aqui no blog e deixo aqui a descrição da sua série de livros Linguagem do corpo que são fantásticos e valem muito a leitura!

Linguagem do Corpo Vol. 1 – Aprenda a ouvir seu corpo para uma vida saudável

Você encontra a chave para a cura das doenças com as descrições de como elas surgem e como devemos agir para eliminá-las sem o uso de drogas ou quaisquer instrumentos alternativos ou terapêuticos. O livro proporciona o conhecimento de uma linguagem milenar sobre o corpo e compreende que as doenças e as formas do corpo são geradas pela própria pessoa por meio de suas emoções e suas crenças. É apresentado um grande número de doenças e suas respectivas explicações psicológicas, para poder analisar sua própria conduta, corrigindo-a e assim curar-se definitivamente de todos os males. Na nova edição vem um capítulo sobre Dor de Cabeça e dois tópicos muito requisitados: Depressão e Síndrome do Pânico, além de um CD para relaxamento e cura da dor de cabeça. Este é um livro intrigante que ensina o autoconhecimento através da ciência, da cultura milenar egípcia e da psicologia profunda que alcança a fé e a espiritualidade de todas as crenças e religiões.

Linguagem do Corpo Vol. 2 – O que o seu corpo revela

Neste livro você encontrará, pela psicologia da correlação (Linguagem do Corpo), as definições psíquicas do formato do corpo, dos problemas estéticos, da obesidade, doenças em crianças, como acabar com a intolerância ao glúten e à lactose, problemas femininos, mal de Alzheimer e muito mais. No final desta obra o leitor encontrará um encarte (mapa) do corpo humano e os significados psicológicos das áreas externas. Aqui você aprenderá a transformar seu corpo pelo autoconhecimento e comprovará que o corpo é apenas reflexo da sua mente.

Linguagem do Corpo vol. 3 – A cura pelo amor

Nesta obra você encontrará significados psicológicos de mais doenças, na sequência do volume 1 e 2 desta coleção, e aprenderá a reverter a doença para a saúde pela mudança comportamental e pelo amor. Aprenderá sobre as fases de desenvolvimento das crianças e conhecerá as consequências e profissões que surgem através dessas fases, facilitando a educação e a harmonia no lar. Descobrirá a personalidade das pessoas até pelas marcas das solas dos seus sapatos. É realmente um livro intrigante que ensina o autoconhecimento através da ciência, da cultura milenar egípcia e da psicologia profunda que alcança a fé e a espiritualidade de todas as crenças e religiões. Este livro abrirá as fronteiras da sua mente e resgatará a fé, a alegria de viver e a cura pelo amor.

Livros

Book Tag: 10 livros que me influenciaram

Não sei quem exatamente quem criou essa tag, mas vi ela em alguns blogs e também canais no Youtube. Não é segredo que eu amo ler, mas resolvi trazer nessa book tag os 10 livros que mais me influenciaram.

A lei da afinidade – Cristina Cairo

Este livro foi escrito com a intenção de auxiliar os leitores na expansão da consciência. A cada tópico você aprenderá a reformular seu próprio comportamento e suas atitudes, diante das provações da vida. Saberá que, para atrair uma vida melhor, deverá perceber as afinidades conscientes e inconscientes que você tem com o bem ou com o mal e poderá escolher a felicidade pelas mudanças internas e pelas novas propostas que você ainda não ousou praticar. Este livro mostra, com simplicidade, como elevar suas frequências vibracionais para atrair prosperidade, amor, fidelidade, saúde e uma família equilibrada. Não é fácil aceitar que precisamos olhar a vida como outros olhos para que tudo mude ao redor. Aprenda a usar corretamente seus pensamentos e descubra o verdadeiro desejo de sua alma. Leia! Mude! E deixe a Natureza realizar seus sonhos e sua felicidade.

O que está acontecendo com as nossas garotas? Maggie Hamilton

Em poucos anos nossas garotas ficaram vulneráveis – não só as adolescentes, mas também as meninas e bebês. Elas estão sendo forçadas a crescer cada vez mais rápido. O que uma garota de doze anos experimentou aos sete não é mais o que uma garota de sete anos enfrenta hoje. Nenhuma geração de meninas teve o que as jovens de hoje estão vivenciando. Alguns dos temas deste livro são chocantes e não têm nada a ver com o que a maioria das adultas viveu. No passado, as crianças seguiam o caminho dos adultos. Mas não há mais uma ligação clara entre uma geração e a próxima porque a cultura popular e as novas tecnologias deixaram os adultos para trás. Como resultado, as nossas garotas se sentem isoladas. Acreditam que os adultos não se importam com elas. O que está acontecendo com nossas garotas é um livro para pais e todos aqueles que querem entender melhor as garotas de hoje e ajudá-las.

O milagre da manhã – Hal Elrod

Conheça o método simples e eficaz que vai proporcionar a vida dos sonhos — antes das 8 horas da manhã! Hal Elrod explica os benefícios de acordar cedo e desenvolver todo o nosso potencial e as nossas habilidades. O milagre da manhã permite que o leitor alcance níveis de sucesso jamais imaginados, tanto na vida pessoal quanto profissional. A mudança de hábitos e a nova rotina matinal proposta por Hal vai proporcionar melhorias significativas na saúde, na felicidade, nos relacionamentos, nas finanças, na espiritualidade ou quaisquer outras áreas que necessitem ser aprimoradas.

A Obra Completa de Joseph Pilates – Joseph Pilates

A obra completa de Joseph Pilates aborda aspectos relevantes para todos nós, apresentando o que Joseph Pilates denominou Contrologia, que auxiliará no entendimento das bases do Método Pilates. Também nesta publicação, Pilates abordou a saúde e a qualidade de vida e como a atividade física tem papel fundamental na prevenção e na cura das doenças. O livro é composto por duas obras de Pilates, Sua Saúde e O Retorno à Vida pela Contrologia, esta última com coautoria de William John Miller, escritas em 1934 e 1945, respectivamente.

Linguagem do corpo – Cristina Cairo

Aqui você encontra a chave para a cura das doenças. Leia a descrição de como elas surgem e como devemos agir para eliminá-las sem o uso de drogas ou quaisquer instrumentos alternativos ou terapêuticos. Você aprende uma linguagem milenar sobre o corpo e compreende que as doenças e as formas do corpo são geradas pela própria pessoa por meio de suas emoções e suas crenças. É apresentado um grande número de doenças e suas respectivas explicações psicológicas, para você poder então analisar sua própria conduta, corrigindo-a e assim curar-se definitivamente de todos os males.

Manual de Reiki – Dr Mikao Usui

Este livro mostra ao leitor as posições das mãos que constam do manual de Reiki do Dr. Usui. Também estão relacionadas em detalhe posições para uma ampla variedade de doenças, tornando o livro um ponto de referência valioso para todo praticante de Reiki. Esta tradução para o português do manual de Reiki original possibilita que se estudem diretamente, as posições das mãos e as técnicas de tratamento adotadas pelo Dr. Usui. Agora, todos os praticantes dessa arte de cura, tanto os iniciados quanto os mestres, estão em condições de expandir significativamente seus conhecimentos, seguindo os passos de um grande agente de cura.

O segredo – Rhonda Byrne

Desde tempos imemoriais ele tem sido transmitido, cobiçado, ocultado, perdido, roubado e comprado por grandes somas de dinheiro. Este Segredo milenar foi compreendido por algumas das mentes mais brilhantes da História: Platão, Galileu, Beethoven, Thomas Edison, Andrew Carnegie, Einstein – bem como por inventores, teólogos, cientistas e pensadores de todas as épocas. Agora, O Segredo está sendo revelado ao mundo. “Ao aprender O Segredo, você descobrirá como pode ter, ser e fazer tudo o que quiser. Descobrirá quem você é de verdade. Descobrirá a verdadeira grandeza que a vida reservou para você.” – retirado do Prefácio

Mulheres boazinhas não enriquecem –  Lois P Frankel

Longe de ser mais um livro sobre planejamento financeiro, surge com a missão de levar a leitora a saber como conquistar a sua independência financeira e explicar o motivo pelo qual as mulheres, presas às formas de pensar e aos comportamentos com os quais foram criadas, não acumulam a riqueza necessária para desfrutar a beleza da vida, em todos os sentidos. O livro enumera os principais erros que as mulheres cometem inconscientemente no trabalho e na vida e que acabam sabotando seus planos de se tornarem ricas. Para ilustrar essa situação, o livro traz uma lista com os dez mitos que as mulheres precisam abolir para conseguirem enriquecer – tanto faz casar com um homem rico quanto com um homem pobre; você precisa se preocupar em ter diplomas que a preparem para um emprego que paga bem, pois seu salário vai ser apenas um reforço da renda familiar; as mulheres não dão para matemática e isso inclui dinheiro; você vai fazer um homem se sentir impotente se ganhar mais dinheiro que ele; o dinheiro não traz felicidade; quando você tem muito dinheiro, acham que você é uma prostituta rica; é melhor fazer o bem do que se dar bem na vida; é pouco feminino uma mulher falar de dinheiro; trabalhe duro que o dinheiro vem; os homens são mais espertos do que as mulheres em relação ao dinheiro. O livro traz um questionário de auto-avaliação para a leitora identificar seu comportamento na hora de lidar com o dinheiro e fazer investimentos. Ajuda a definir a emergência de se mudar a atitude de continuar sendo boazinha, sem, no entanto, abrir mão de sua independência financeira.

A última música – Nicholas Sparks

Mais uma vez Nicholas Sparks nos mostra porque é considerado o mestre do romance moderno e porque seus livros são adorados por leitores de todo o mundo. Seguindo a tradição de seus mais belos romances, ele agora nos apresenta uma comovente história sobre família, amizade, amor, amadurecimento e especialmente sobre como perdoar e recomeçar. Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ÚLTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.

Autoestima já! – Mia Törnblom

Uma das mais respeitadas mentoras da Europa, ensina como se livrar dos medos, fortalecer o respeito por si e reconhecer o próprio valor. A autora oferece uma orientação para se caminhar rumo à autoaceitação. Autoestima já! ensina a lidar de forma positiva com dúvidas e receios, estabelecer metas construtivas, curar-se do estresse e analisar os problemas sob uma perspectiva eficiente, a fim de resolvê-los da melhor maneira. Enquanto se tiver baixa autoestima, sempre se terá o medo de não ser aceito ou ser julgado por causa de atitudes, não importam a nobreza das conquistas feitas, o patamar alcançado na carreira ou a harmonia entre os familiares. Além disso, a baixa autoestima impede que alguém se convença do valor que tem, aceite elogios e críticas construtivas. Essa fraqueza pode se tornar uma perversa armadilha, capaz de paralisar a vida e impedir a realização de sonhos. Autoestima já! apresenta formas de evitar tais situações.

Essa foi minha lista dos 10 livros que mais me influenciaram. Muito mais de 10 foram os livros que mudaram meu ponto de vista e me ensinaram muitas coisas. Viver 12 anos lendo vários livros por mês, me fez viajar para muitos lugares e conhecer muitas culturas. Selecionei aqui os que mais contribuíram para minha efetivamente. Alguns são mais técnicos, mas indicaria todos para quem procura uma vida com propósito e saúde.